Congresso discute a partir de hoje efetividade dos direitos trabalhistas

O Instituto Goiano de Direito do Trabalho (IGT) e a Associação dos Magistrados do Trabalho da 18ª Região, com o apoio Tribunal Regional do Trabalho da 18ª Região (TRT-18), promovem, de 19 a 21 de junho, a 19ª edição do Congresso Goiano de Direito e Processo do Trabalho (Congresso do IGT). O presidente do IGT, Rafael Lara Martins, informa que o colóquio tem como tema central a Efetividade dos Direitos Trabalhistas. "No ano em que a Consolidação das Leis do Trabalho
completa 70 anos é fundamental analisar avanços e imenso caminho que ainda se há a se percorrer para que a legislação trabalhista traga efetividade ao dia a dia de trabalhadores e empregadores", adianta.
O evento será realizado no auditório do TRT-18, com sessão solene de abertura às 19 horas nesta quarta-feira, 19, quando a ministra do Tribunal Superior do Trabalho (TST), Delaíde Arantes, será homenageada. Advogados, magistrados, professores de diversas regiões do Brasil compõem a programação.
Segundo Rafael Lara Martins, o objetivo é preparar os congressistas e qualificar os profissionais que trabalham cotidianamente com o direito jus-laboral. "Para isso, terão acesso a ampla oferta de palestras, com temas de ordem prática e teórica acerca do assunto", arremata o presidente.

O Instituto Goiano de Direito do Trabalho (IGT) e a Associação dos Magistrados do Trabalho da 18ª Região, com o apoio Tribunal Regional do Trabalho da 18ª Região (TRT-18), promovem, de 19 a 21 de junho, a 19ª edição do Congresso Goiano de Direito e Processo do Trabalho (Congresso do IGT). O presidente do IGT, Rafael Lara Martins, informa que o colóquio tem como tema central a Efetividade dos Direitos Trabalhistas. "No ano em que a Consolidação das Leis do Trabalhocompleta 70 anos é fundamental analisar avanços e imenso caminho que ainda se há a se percorrer para que a legislação trabalhista traga efetividade ao dia a dia de trabalhadores e empregadores", adianta.
O evento será realizado no auditório do TRT-18, com sessão solene de abertura às 19 horas nesta quarta-feira, 19, quando a ministra do Tribunal Superior do Trabalho (TST), Delaíde Arantes, será homenageada. Advogados, magistrados, professores de diversas regiões do Brasil compõem a programação. Segundo Rafael Lara Martins, o objetivo é preparar os congressistas e qualificar os profissionais que trabalham cotidianamente com o direito jus-laboral. "Para isso, terão acesso a ampla oferta de palestras, com temas de ordem prática e teórica acerca do assunto", arremata o presidente.

 

FONTE: http://www.rotajuridica.com.br

Intranet